Solidão

O espírito da tempestade que executa a minha palavra

Partiu

E minha forma assim abandonada

Caiu.

Vieram depois a aflição e a agonia

E cresceram em mim

Como a aurora e o dia.

E se eu quisesse contar, homens irmãos,

Desde quando meu coração está isento de alegria,

Acreditem,

Não poderia.

Há muitos séculos mora em mim

Uma noite muito escura, muito fria.

– Adalgisa Nery, in: Mundos Oscilantes, 1962.


Comments are closed here.