Para um negro

para um negro

a cor da pele

É uma sombra

muitas vezes mais forte

que um soco

para um negro

a cor da pele

É uma faca

que atinge

muito mais em cheio

o coração

– Adão Ventura, em “Costura de nuvens” (Antologia poética).. [organização e seleção Jaime Prado Gouvêa e Sebastião Nunes]. Sabará, MG: Edições Dubolsinho, 2006.


Comments are closed here.