Diálogo na sombra

– Que dissestes, meu bem?
– Esse gosto.
Donde será que ele vem?
Corpo mortal.
Águas marinhas.
Virá da morte ou do sal?
Esses dois que moram no fundo e no fim.
– De quem falas, amor, do mar ou de mim?
– Jacinta Passos (1944), em “Canção da partida”. São Paulo: Edições Gaveta, 1945.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *